Postado em: 22/03/2020 - 16:01 Última atualização: 22/03/2020 - 16:03
...

O CORONAVIRUS E AS ELEIÇÕES DE OUTUBRO

 

 

REGINA PORFIRIO BOTELHO DE RESENDE

Autoridades da área de saúde federal e especialistas da medicina que tratam de epidemias já projetaram o caminho que o coronavirus vai fazer no Brasil, tendo como referência o desenvolvimento da doença nos países onde ela se iniciou antes daqui.

Com  pico de contaminações em abril/ maio/ junho, começo de leve estabilização do número de casos em julho e agosto, e início  de  queda  previsto para setembro, o coronavirus só vai dar sossego quando faltarem umas poucas semanas - ou dias - para a eleição de outubro, interferindo no calendário de  campanha dos candidatos.

Por esse motivo  não deverá haver espanto se a Justiça Eleitoral pedir o adiamento das eleições para alguns meses à frente ou  sua realização em  outubro de 2.022,  uma grande eleição geral  para todos os mandatos : presidente e vice, governador e vice, senadores, deputados federais e estaduais, prefeito e vice, e vereadores.

É evidente que uma eleição desse tamanho vai necessitar uma logística trabalhosa por parte

 do serviço eleitoral, nunca desafiado a tanto, mas perfeitamente habilitado para exercer tal função nesse momento de aperto.

E os mandatos atuais de prefeito e vereador, com data de término para esse ano de 2.020, como ficam? Ficam prorrogados, no que se chama de mandato tampão, o que, com certeza, não vai desagradar a seus detentores:  prefeitos poderão terminar muitas obras iniciadas e hoje com risco de não serem concluídas nos próximos meses. Vereadores terão oportunidade de melhorarem a atuação no legislativo com mais dois anos de mandato, alguns podendo até   fortalecer a intenção de concorrer ao executivo, outros tendo tempo para repensar planos de subir no patamar da política, já que lhes faltam prática e experiência para ter sucesso em grandes saltos.

O adiamento da eleição de outubro com a provável coincidência com a de 2.022, que começa a ser   analisado pelos articulistas da imprensa nacional, será uma decisão sensata. Da maneira como é hoje, haverá enorme dificuldade para partidos e justiça eleitoral em montar uma eleição municipal para todo o país com as limitações de circulação impostas à população, e que parece estarem longe de acabar.

Mais colunas de Regina Porfírio

Ver todas

Tempo agora

Descrição do Tempo
Araxá, MG 20°C
Poucas nuvens

Cotação

Dólar
R$ 5,33
Euro
R$ 5,77