BEM BRASIL
BEM BRASIL
Postado em: 22/06/2022 - 18:10 Última atualização: 23/06/2022 - 15:34
Por: Natália Fernandes - Portal Imbiara

Representantes da Apac em Araxá participam de Congresso em Belo Horizonte

O encontro nacional será realizado de 22 a 25 de junho com diversas oficinas e palestras

A expectativa é de que 500 pessoas participem do evento. Foto: APAC/Araxa

Representantes da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) de Araxá participam do 9º Congresso pelos 50 anos da metodologia Apac, que acontece entre os dias 22 a 25 de junho, no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte. 

O evento é promovido pela  Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC) e tem como tema  “Ninguém é irrecuperável”. 

O congresso tem por objetivo promover a reflexão sobre os desafios e conquistas das associações por meio de palestras, mesas-redondas e workshops. O encontro visa estabelecer bases para a expansão das estratégias do método de humanização das prisões, sem perder de vista a finalidade punitiva da pena. 

Durante a programação serão realizadas conferências, workshops temáticos, além de momentos culturais e comemorativos, para celebrar meio século de história desde a implantação da metodologia da APAC.  

A expectativa é de que 500 pessoas participem do evento entre autoridades dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, além de parceiros, voluntários, funcionários e apoiadores das APACs de diversos países. 

A programação do Congresso contará com conferências, mesas redondas temáticas, workshops, além de momentos culturais e comemorativos. A expectativa de público é de 500 participantes, entre autoridades dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, parceiros, voluntários, funcionários das APACs e apoiadores do método em todo o Brasil e de outros países.

O 9º Congresso das APACs conta com a colaboração da Prison Fellowship International (PPFI), do Tribunal de Justiça de Minas Gerias, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, a Procuradoria Geral do Estado de Minas Gerais, a Defensoria Pública de Minas Gerias, a AVSI Brasil, Institudo Minas Pela Paz e demais parceiros.