BEM BRASIL
BEM BRASIL
estacio
estacio
Postado em: 03/08/2022 - 14:01 Última atualização: 03/08/2022 - 16:14
Por: Alex Sander Xexéu - Portal Imbiara

Materiais escolares têm alta procura na volta às aulas em Araxá

Caderno, lápis e canetas tiveram aumento de preço em relação ao início do ano

Papelaria em Araxá. Fotos: Alex Xexéu/Portal imbiara

A procura por materiais escolares aquece o comércio nas papelarias de Araxá neste meio de ano. 

Com a volta às aulas do meio do ano, os pais precisam fazer a renovação de materiais escolares. Em Araxá, papelarias e lojas de materiais escolares tiveram alta procura para novas compras para a volta das aulas no segundo semestre do ano. 

Uma situação encontrada na hora da compra são os valores de alguns materiais que sofreram reajuste no preço. Em pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares (ABFIAE) , materiais como lápis de colorir, cadernos e canetas importadas tiveram um aumento de até 50%. De acordo com informações da associação, esse aumento é reflexo do preço do dólar e taxas de importação que subiram. 

Ana Caroline de Souza é vendedora em uma papelaria em Araxá

Em uma papelaria em Araxá a movimentação para a compra de materiais foi grande, de acordo com informações da vendedora Ana Caroline de Souza. “Agora no volta às aulas as pessoas estão procurando a papelaria de novo, para renovar os materiais. Os alunos que estão nos anos finais também fazem essa procura. Os que estão nos anos iniciais já vem com a lista de materiais. E os cadernos e canetas tiveram um aumento significativo”,  explica a vendedora da papelaria. 

Micaela Couto também e vendedora e fala dos preços 

Em outra papelaria da cidade a procura por materiais também foi grande e os valores médios de cadernos tiveram aumento. Micaela Couto, que também é vendedora, disse que a procura foi alta desde estudantes da universidade à pré-escola. “O caderno brochurão está na faixa de R$7,00. Os cadernos de arame estão R$ 9,00. As canetas e lápis estão na faixa de  R$1,00 a R$ 1,40”,  disse Couto. 

Sabrina Ferreira é mãe de três filhos e precisou comprar a lista novamente

Mãe de três crianças, Sabrina Ferreira explica que aproveitou algumas coisas que os filhos já possuíam, mas teve que comprar boa parte dos materiais. “No meu caso são três crianças aí fica bem puxado, né. No começo do ano aproveitamos algumas coisas do ano passado. Mas agora tive que comprar quase tudo de novo. Aí pagamos o preço alto”, explica Sabrina Ferreira.