bem brasil
bem brasil
top uai
top uai
Postado em: 04/07/2024 - 14:45 Última atualização: 05/07/2024 - 11:21
Por: Caio César/Natália Fernandes - Portal Imbiara

Jardim Esplêndido: Moradores de Araxá aguardam testes da Copasa para receber as chaves dos imóveis

Bairro conta com 299 mutuários que querem realizar o sonho da casa própria

Empreendimento era para ter as chaves dos imóveis entregues em 2018. Foto: Natália Fernandes/Portal Imbiara

Os 299 mutuários do bairro Jardim Esplêndido aguardam ansiosamente pela entrega das chaves dos imóveis, que marca a resolução do maior problema habitacional coletivo de Araxá desde 2018. A expectativa é que a questão seja resolvida neste ano, mas o local ainda depende da realização de testes da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) para verificar se há vazamentos de água ou esgoto, permitindo que os mutuários possam morar nos imóveis adquiridos há seis anos.

A reportagem do Grupo Imbiara de Comunicação entrevistou Lucas Magalhães, mutuário que falou em nome dos moradores, e atualizou a situação para a entrega das chaves do empreendimento. “O que está pegando hoje aqui é a Copasa. Realmente foi feito um trabalho da caixa elevatória, que se encontra pronta. Estão sendo feitos testes de água e esgoto aqui no bairro. Foi divulgado que seria feito um teste no dia de ontem (3) e hoje (4), porém esses testes não foram feitos”, comentou Lucas.

Segundo Magalhães, um colaborador da Marca Registrada informou a impossibilidade da Copasa de realizar esses testes por conta de atividade da construtora. “Ela está fazendo testes internos para saber se há vazamentos. Eles identificaram aqui, até agora, seis vazamentos significativos, que não são algo que vai atrapalhar a entrega dos imóveis. Então, estão sendo feitas essas devidas correções para novamente remarcar com a Copasa, para que a empresa possa vir ao bairro e realmente fazer os testes dela e, assim, dar um parecer para o IPDSA.”


Lucas Magalhães falou em nome dos 299 mutuários do bairro Jardim Esplêndido. Foto: Natália Fernandes/Portal Imbiara

Esse parecer é importante ser emitido pela Copasa, pois atesta que as questões de água e esgoto estão regularizadas para proceder com a entrega das chaves dos imóveis. “A parte da Cemig, até onde consta, está tudo ok. A parte da Copasa está dependendo dessa questão para novamente repassar ao IPDSA, para que o instituto realmente faça a liberação dos Habite-se e a construtora possa fazer a marcação junto aos mutuários para a entrega das chaves e a vistoria final dos seus imóveis”, esclarece Lucas Magalhães.

Durante a entrevista concedida à reportagem da Rádio Imbiara 91,5 FM, Lucas alertou aqueles mutuários que não fizeram a vistoria a realizar esse procedimento. Para realizar essa vistoria, a construtora Marca Registrada disponibiliza um contato telefônico que é (34) 99111-1767. “A construtora não está conseguindo o contato de alguns mutuários, e outros estão tendo dificuldade de vir. É fundamental que os mutuários façam a sua vistoria para realmente ver se o imóvel está do seu agrado, se é aquilo que foi programado inicialmente para a entrega das chaves. Se o mutuário não fizer a sua vistoria, fica como abandono da questão. A construtora me pediu para ratificar isso e fazer esse comunicado para todos os mutuários que procurem esse telefone para qualquer dúvida. Também estou à disposição para dar todo o apoio aos mutuários”, reitera Lucas Magalhães.

Essas vistorias foram viabilizadas por aproximadamente 100 mutuários, menos da metade do número contemplado com o imóvel adquirido no bairro Jardim Esplêndido. “Nos últimos meses, a construtora Marca Registrada tem se empenhado em realmente avançar no que diz respeito ao andamento da obra e das correções que precisavam ser feitas. Em conversa com o presidente da Marca Registrada, Pedro Espina, foi me passado no início da semana que as obras aqui foram concluídas e estão sendo feitas correções nos imóveis já vistoriados. Alguns já encontraram pontos que precisaram ser corrigidos nos imóveis, e a construtora está fazendo realmente as correções devidas para que em breve a entrega das chaves possa ser feita e os mutuários conquistem o sonho da casa própria”, finaliza o mutuário.


A entrega das chaves dos imóveis deve ser feita aos mutuários ainda neste ano. Foto: Natália Fernandes/Portal Imbiara