BEM BRASIL
Postado em: 22/02/2021 - 20:32 Última atualização: 23/02/2021 - 14:20
Por: Natália Fernandes / Portal Imbiara

Araxá investiga surto de Covid-19 em instituição de idosos

14 idosos e três funcionários testaram positivos para a doença

Secretária de Saúde Diane Dutra. Foto: Natália Fernandes/Portal Imbiara

A Secretaria Municipal de Saúde de Araxá emitiu no início da noite desta segunda-feira (22) matéria sobre a investigação de um surto da Covid-19 em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI). Até o momento 14 idosos e três funcionários testaram positivo para o Coronavírus. Apenas um dos infectados está internado. 

Ainda de acordo com a nota emitida pela administração municipal todas as pessoas que moram ou trabalham na entidade foram imunizados com a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Equipes de médicos, da Vigilância Epidemiológica e do Laboratório Municipal foram destinados à instituição para averiguar se os casos são positivos Covid-19 ou de uma reação pós-vacina. 

Em pronunciamento a secretaria Diane Dutra falou sobre os procedimentos de investigação. “Importante a gente ressaltar que nós recebemos um idoso dessa instituição com pneumonia ele ficou internado e isso nos deu um alerta, assim que a médica avisou que o idoso de uma instituição estava com pneumonia nos acionamos uma equipe de epidemiologia e vigilância sanitária e o laboratório municipal que foi até a instituição e fizemos um trabalho uma investigação um rastreamento onde identificamos então 17 positivos sendo  14 idosos e 3 funcionários os outros estão afastados porque a gente ainda tem chance identificar positivo e alguns assintomáticos fazendo o exame de PCR então a gente continua monitorando essa instituição e orientando, as pessoas positivas estão isoladas”, explicou Diane.

De acordo com a nota na instituição, todos foram vacinados, tanto os idosos, quanto os funcionários.  
A imunização vem depois de 30 dias da segunda dose, mas não é total. 

“A vacina estabelece uma chance de pegar o vírus de forma mais branda, mas não significa que não será mais infectado”, conclui a secretária.

Ouça a entrevista completa da secretária de Saúde de Araxá