BEM BRASIL
BEM BRASIL
PRÊMIO
PRÊMIO
Postado em: 09/06/2021 - 12:11 Última atualização: 10/06/2021 - 08:23
Por: Natália Fernandes - Portal Imbiara

Prefeitura de Araxá vai prorrogar decreto municipal sobre pandemia por mais 10 dias

O decreto municipal entrou em vigor no dia 31 de maio e o prazo estabelecido para as normas se encerram nesta quarta-feira (9)

O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 deve avaliar se haverá novas medidas impostas em Araxá. Foto: Natália Fernandes/Portal Imbiara

Em entrevista ao Portal Imbiara nesta terça-feira (8), durante visita da equipe técnica da Força Tarefa de Enfretamento da Covid-19 da Secretaria de Estado de Saúde,  o prefeito de Araxá, Robson Magela, disse que o município vai prorrogar o decreto sobre as restrições por causa da pandemia na cidade por mais 10 dias para que os reflexos das restrições possam ser sentidos.

“Com certeza esse decreto será prorrogado e vamos ver quais serão as novas tratativas que iremos colocar para tentar restringir um pouco mais o decreto. Vamos ver o que poderá ser feito”, afirma Magela.

As novas restrições impostas por decreto municipal por causa da pandemia em Araxá foram divulgadas em coletiva de imprensa no dia 28 de maio. As normas entraram em vigor no dia 31 com cumprimento previsto até esta quarta-feira (9).

O documento estabelece que no período a cidade esteja sob o toque de recolher estipulado para as 21h, podendo permanecer em circulação após esse horário somente pessoas que precisam utilizar os serviços essenciais.  O Parque do Cristo foi fechado, e as praças fiscalizadas para evitar aglomerações. Além disso, uma barreira sanitária foi instalada no Barreiro para controle de acesso ao local que permanece fechado e conta com reforço da Polícia Rodoviária Federal, Policia Militar e Guarda Patrimonial.

As restrições ao comércio, segundo decreto, impõem que o funcionamento só pode ocorrer mediante limitação de pessoas. Os locais precisam conter a informação sobre a capacidade de ocupação, e o horário definido para atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 18h, e no sábado, até as 12h.

Para os bares ficou proibida a realização de atendimento no local, ficando permitida somente a retirada de produtos até as 20h. Após esse horário, o atendimento deve ser restrito ao delivery.  Os restaurantes só podem realizar o atendimento em suas dependências com apenas 30% de sua capacidade total, e o horário permitido é das 11h às 14h, sendo proibido o consumo de bebidas alcoólicas no local.

O Comitê de Enfretamento a Covid-19 deve avaliar se vão haver novas medidas mais restritivas com a prorrogação do decreto.