BEM BRASIL
BEM BRASIL
UDIKAR
UDIKAR
Postado em: 25/11/2021 - 11:39 Última atualização: 25/11/2021 - 15:14
Por: Bruna Isabella Silva – Portal Imbiara

Audiência de conciliação sobre o loteamento Jardim Esplêndido acontece em Araxá

Através de uma solicitação do presidente da Câmara Municipal, Raphael Rios, o Legislativo de Araxá vai receber a audiência judicial

Loteamento Jardim Esplêndido em Araxá Foto: Bruna Isabella/Portal Imbiara

Uma audiência de conciliação que será presidida pelo juiz de direito Saulo Carneiro Roque acontece nesta quinta-feira (25) às 13h, na Câmara Municipal de Araxá. A audiência judicial vai tratar sobre o loteamento Jardim Esplêndido e visa acertar questões ainda pendentes no processo.

O sonho da casa própria se transformou em pesadelo para mais de 300 famílias do loteamento Jardim Esplêndido. De acordo com o contrato dos mutuários, os imóveis do loteamento Jardim Esplêndido deveriam ter sido concluídos e entregues em 2019, mas até o momento não tem prazo para serem entregues. Os imóveis estão inacabados e sem infraestrutura de água e esgoto.

A medida foi solicitada pelo presidente do Legislativo, Raphael Rios (Cidadania), no mês de outubro. Na oportunidade, o vereador apresentou as demandas dos moradores: constantes atrasos, respostas de requerimentos encaminhados para a Caixa Econômica Federal e seguradora responsável pelo empreendimento, Berkley.

A audiência poderá ser acompanhado pelo canal do youtube da Câmara Municipal de Araxá e as pessoas convidadas deverão apresentar o cartão de vacina na entrada.

Em entrevista à Rádio Imbiara FM 91,5, o presidente da Câmara Municipal,  Raphael Rios, falou sobre a importância dessa audiência.

“Essa audiência com o juiz Saulo é uma pendência judicial principalmente sobre as servidões de passagem (permissão para caminho de passagem) sobre o loteamento. Esses polos que estão já nesse processo, que já se arrastava, foram convocados. Alguns agentes de todo esse problema, nos entramos em contato e convidamos. Convidamos o prefeito Robson Magela, o IPDSA, a Caixa Econômica, a seguradora, porque o objetivo é colocar todo mundo envolvido ali, frente a frente, buscando solução”, ressaltou Raphael Rios.

Leia outras matérias sobre o tema:

https://portalimbiara.com.br/noticia/categoria/1/cidade/link/7099/forum-discute-a-situacao-dos-mutuarios-do-loteamento-jardim-esplendido-em-araxa

https://portalimbiara.com.br/noticia/categoria/1/cidade/link/4619/ouca-advogado-fala-das-acoes-sobre-as-casas-do-residencial-jardim-esplendido-em-araxa