BEM BRASIL
BEM BRASIL
UDIKAR
UDIKAR
Postado em: 01/10/2021 - 15:29 Última atualização: 04/10/2021 - 16:38
Por: Felipe Madeira- Portal Imbiara

Etapa araxaense pode definir líder do CIMTB Michelin no Super Elite XCO

José Gabriel, vencedor da primeira etapa do CIMTB de Congonhas na categoria Super Elite, se machucou durante os treinos e não deverá competir na etapa mais valiosa da copa

Pista esteve liberad apara treino da 8h às 15h desta sexta-feira Fotos: Felipe Madeira/Portal Imbiara

Começa nesta sexta-feira (1º) a etapa araxaense da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB Michelin). As disputas vão até domingo (3) em diversas categorias das quatro modalidades diferentes, sendo elas o percurso XCO, Maratona, Short Track e Mirim. 

A primeira largada acontece nesta tarde, a partir das 16h. A modalidade que dará início às disputas é a short track. Com um percurso menor e maior velocidade, correrão no primeiro dia as categorias Sub 40, Sub 45, Sub 50, Sub 55, Sub 60 e Over 65, em três baterias. A disputa na categoria Super Elite nesta modalidade fica para a manhã de sábado, às 10h, seguida da maratona que tem a largada marcada para 13h. 

Disputas começarão pela modalidade "Short Track"

Como a mais valiosa da Copa, a etapa araxaense pode definir quem vai liderar o campeonato na disputa da modalidade XCO. José Gabriel, vencedor da primeira etapa do CIMTB de Congonhas na categoria Super Elite, se machucou durante os treinos e não deverá competir. O ocorrido abre espaço para um novo atleta tomar a liderança nas pontuações, deixando a disputa mais acirrada para a última etapa do campeonato. A disputa nesta modalidade será a última da etapa e a largada está prevista para às 14h de domingo. 

O campeonato traz nomes de destaque internacional à cidade para correr na pista do Barreiro. Dentre eles, estão os dois atletas olímpicos Luiz Cocuzzi e Henrique Avancini, além da promessa do MTB e campeão mundial no circuito short trek Ulan Galinski.

Campeão nos dois ultimos anos na etapa, atleta olímpico Avancini avalia a prova 

“É uma competição que qualquer atleta brasileiro ou qualquer estrangeiro que vem sonha em vencer. É sempre um grande desafio manter esse título de Araxá. Nos últimos anos obtive sucesso, mas não dá pra dizer que foi tranquilo em nenhuma das ocasiões”, conta Avancini, enfatizando as condições mais secas da pista que pode deixar o circuito mais solto.

100% seguro

Evento só permite entrada mediante a tetagem

No espaço delimitado para a realização das provas e cercado para controle de acesso ao público, devido aos protocolos de segurança contra a proliferação do coronavírus, 100% do público está sendo testado. De atletas a organização e espectadores. Segundo a organização do evento, foram feitas cerca de 1.050 inscrições de atletas que marcam presença com acompanhantes e equipe técnica. 

Os teste são feitos na entrada de area delimitada em atletas e espectadores

Ao público de espectadores foram liberados a entrada de  mil pessoas mediante a compra do teste, que é realizado na porta do evento. Até quinta-feira (30), a organização já tinha contabilizado a aquisição de pouco mais de 500 testes antecipados, feitos pelo site. O teste também pode ser comprado na portaria do evento.