BEM BRASIL
BEM BRASIL
UDIKAR
UDIKAR
Postado em: 18/10/2021 - 18:29 Última atualização: 19/10/2021 - 11:42
Por: Bruna Isabella Silva – Portal Imbiara

Vereadores participam de forma ativa do orçamento 2022 de Araxá; confira as indicações

Cada vereador indicou como gostaria que fosse destinado um valor de R$ 300 mil, atendendo as solicitações da população

Reunião Ordinária da Câmara de Araxá Foto: Bruna Isabella / Portal Imbiara

A Prefeitura de Araxá encaminhou para a Câmara Municipal, no dia 29 de setembro, o Projeto de Lei orçamentária que dispõe sobre o Orçamento Anual para 2022.  A estimativa do orçamento é de R$ 542 milhões recorrentes de arrecadação. A elaboração da proposta trouxe uma novidade para 2022, que é a participação ativa dos vereadores que, através de indicação, puderam definir cada um como seria gasto R$ 300 mil.

Em entrevista ao Portal Imbiara, o prefeito Robson Magela falou da inclusão participativa dos vereadores no orçamento. “Sempre falamos da união política. Eu estive na Câmara por quatro anos e os vereadores são muito cobrados também. Eu senti na pele essa cobrança de fazer os pedidos, as indicações, e elas não aconteciam. No nosso caso nós queremos que os vereadores façam suas indicações e a gente possa executar”, ressaltou Robson Magela

Os vereadores tiveram um prazo para apresentar suas indicações para que a prefeitura pudesse apresentar o orçamento como previsto em Lei.

Confira a indicação de cada vereador:

Alexandre Irmãos Paula indicou:

R$ 50 mil a serem repassados à Associação Capela Mártir Filomena;

R$ 50 mil a serem repassados ao Recanto do Idoso São Vicente de Paula;

R$ 40 mil a serem repassados ao Lar Ebenézer;

R$ 40 mil a serem repassados à Associação de Equoterapia Prosseguir;

R$ 40 mil a serem repassados à AMPARA;

R$ 40 mil a serem repassados à Associação Comunitária do Distrito de ITAIPU;

R$ 40 mil a serem repassados à Associação do Câncer de Araxá;
 

Bosco Júnior, indicou:

R$ 50 mil a serem repassados às Obras Assistenciais Alan Kardec;

R$ 100 mil a serem repassados à Associação de Equoterapia Prosseguir;

R$ 25 mil a serem repassados à FADA;

R$ 25 mil a serem repassados à APAE;

R$ 25 mil a serem repassados ao Centro de Formação Júlio Dário;

R$ 25 mil a serem aplicados em obras de adaptação de mata0burros para ciclistas e corredores;

R$ 50 mil a serem aplicados no desenvolvimento de projetos de Eco Pontos;

Dirley da Escolinha indicou:

R$ 300 mil a serem aplicados na implantação de um campo de futebol no Bairro Max Neumann II;

Evaldo do Ferrocarril indicou:

R$ 100 mil a serem aplicados na realização de cirurgias de colecistectomia e colecistectomia videolaparoscopica;

R$ 65 mil a serem aplicados na aquisição de uniformes para clubes participantes dos campeonatos amador, master e ruralão;

R$ 50 mil  a ser destinado para aquisição de trator para efetuar a manutenção de campos do futebol amador;

R$ 25 mil a ser destinado à realização de manutenção de campos do futebol amador;

R$ 60 mil a serem destinados à implantação de sistema de videomonitoramento em CEMEIs e Escolas Municipais;


Fernanda Castelha indicou:

R$ 300 mil a serem destinados à implantação de crematório municipal para animais;


Maristela Dutra indicou:

R$ 300 mil a serem destinados à construção de praça com equipamentos para prática de exercícios físicos na área institucional do Bairro Recanto do Bosque;


Pastor Moacir indicou:

R$ 100 mil a serem repassados ao Centro Estudantil Presbiteriano de Assistência à Criança;

R$ 70 mil a serem repassados à Associação Educacional de Araxá;

R$ 40 mil a serem repassados à Associação Educacional de Promoção Humana Araxaense;

R$ 30 mil a serem repassados à Sociedade de São Vicente de Paulo;

R$ 30 mil a serem repassados ao Lar Ebenezer;

R$ 30 mil a serem repassados ao SOS;


Professora Leni Nobre indicou:

R$ 150 mil a serem destinados à construção de barreira do tipo “New Jersey” na avenida em frente ao CEFET;

R$ 150 mil a serem destinados à obra de contenção de erosão existente no Bairro Camuá;


Raphael Rios indicou:

R$ 300 mil a serem destinados à implantação de Programa Municipal do Primeiro Emprego;


Valtinho da Farmácia indicou:

R$ 75 mil a serem destinados a melhorias no Laboratório Municipal de análises clinicas;

R$ 75 mil a serem destinados à inclusão na rede escolar municipal do Projeto Matraquinha, através da disponibilização de tablets aos alunos especiais;

R$ 75 mil a serem destinados a obras de implantação de cobertura interna da UPA;

R$ 75 mil a serem destinados à implantação de brinquedos e equipamentos em praças públicas, destinados a crianças especiais;


Wagner Cruz indicou:

R$ 100 mil a serem repassados à AMPARA;

R$ 40 mil a serem repassados às Obras Sociais Eurípedes Barsanulfo;

R$ 35 mil a serem repassados ao Grupo Solidariedade;

R$ 35 mil a serem repassados às Obras Assistenciais Caminheiros do Bem;

R$ 90 mil a serem repassados à Sociedade de Promoção Humana;


Wellington da Bit indicou:

R$ 300 mil a serem repassados à Fundação Cultural de Araxá (UNIARAXA) para o desenvolvimento de projeto de capacitação e qualificação profissional.

O vereador Zidane não apresentou suas indicações a tempo de serem colocadas dentro do Projeto de Lei, visto que a prefeitura tem obrigação de entregar o orçamento até o dia 30 de setembro. No dia 13 de outubro, o vereador apresentou uma indicação durante o uso da tribuna para que fosse comprada uma ambulância UTI. Devido ao prazo, o pedido não pode mais ser inserido na proposta de Lei. Porém, poderá ser feita uma indicação no decorrer da tramitação normal da proposta, que se aprovada pelos vereadores, será analisada a viabilidade pela Secretaria Municipal responsável.

O prefeito Robson Magela, durante a entrevista, explicou sobre os repasses as instituições. “Quando se trata de repasse para entidades iremos fazer a divisão para que seja feito de forma parcelada, porque precisamos cumprir a prestação de contas", explicou Magela.

Em relação às obras, caso ultrapasse o valor previsto, o prefeito explicou o que será feito. “É claro que se uma obra ficar por exemplo R$ 320 mil, R$ 330 mil, a prefeitura com certeza entra com essa diferença, porque também nós não podemos deixar um pedido do vereador que vêm a mando da população por causa de R$ 20 ou R$ 30 mil. Dessa maneira vamos conseguir fazer um governo aberto e participativo”, concluiu o prefeito de Araxá.

O Projeto de Lei Orçamentária completo para o ano de 2022 agora tramita na Câmara Municipal de Araxá, nas devidas comissões, para posteriormente ser colocado para votação.

Ouça a entrevista completa com o prefeito Robson Magela.