BEM BRASIL
Postado em: 22/02/2021 - 17:26 Última atualização: 23/02/2021 - 16:22
Por: Bruna Isabella Silva – Natália Fernandes / Portal Imbiara

Jovem confessa homicídio de homem em Araxá e participa de reconstituição do crime

O inquérito de investigação permanece aberto e qualquer informação da população é importante para o caso

Momento da reconstituição. Foto: Bruna Isabella/Portal Imbiara

Foi apreendida nesta segunda-feira (22), uma jovem, A.F.S de 17 anos, que seria suspeita do homicídio de Gutemberg Leonardo de 21 anos natural de Araxá, o qual ocorreu na sexta-feira (19), Gutemberg foi morto e o corpo encontrado na região do Morão Rachado, zona rural do município de Araxá, aparentemente com queimaduras, perfuração de arma de fogo no pescoço e lesões na parte de trás da cabeça. A vítima foi identificada por familiares na noite desta sexta-feira (19).

De acordo com o delegado Vinicius Ramalho, a jovem é ex-namorada da vítima e confessou o crime. Na tarde desta segunda-feira (22), foi realizada a reconstituição na cena do crime. E na manhã desta terça-feira o delegado, Vinicius Ramalho da Polícia Civil, em coletiva explicou sobre as diligências do caso. “A reconstituição é um processo que depende da vontade do investigado, se o investigado recusar fazer ele não é obrigado, não é algo determinado que ele realize e durante a reconstituição voluntária. A menor conseguiu refazer todos os passos que em depoimento ela alegou ter realizado na data o crime o que traz veracidade as informações por ela prestada, a gente refez com ela os passos desde o momento em que ela saiu da casa dela na quinta feira até a sexta feira quando já depois de praticado o crime, ela retornou para casa de seus familiares e ela conseguiu refazer todos esses passos com detalhes com consistência então a gente até esse momento acredita que as informações prestadas por ela  são verídicas e que sim é ela a autora desse homicídio”, explicou o delegado.

Sobre a alegação da motivação para o crime a jovem informou que foi vítima de violência no passado, mas ainda não foi confirmado pela Polícia Civil.

A jovem está detida na Casa de Detenção onde permanece a disposição da justiça e ficará até o inquérito ser fechado. “Todas as provas colhidas até agora elas são verossímeis, mas restam muitas diligências a serem feitas para gente conseguir cravar o final da investigação e imputar as responsabilidades devidas”, concluiu Vinicius Ramalho.

O inquérito de investigação permanece aberto e qualquer informação é importante para o caso de acordo com delegado regional, Vitor Hugo Heisler. “O que foi trazido aqui para a imprensa é a primeira fase da investigação com informações que possam ser trazidas a público que é a confissão da adolescente sobre esse crime, a polícia Civil dará continuidade as suas investigações confirmando ou não a versão da adolescente, e confirmando ou não a participação de outras pessoas, nesse momento o trabalho será mantido em sigilo”, concluiu Heisler.

A população que tenha mais informações pode ligar para 187 no disque denúncias, que todas serão fechadas


Momento da reconstituição do caso Foto: Bruna Isabella / Portal Imbiara 

Gutemberg Leonardo Ribeiro, 21 anos, vítima de homicídio em Araxá. Foto: Internet/Portal Imbiara

 


Coletiva de imprensa Polícia Civil Foto: Natalía Fernandes / Portal Imbiara

 

Ouça a entrevista completa com os delegados responsaveis pelo caso Vinicius Ramalho e Vitor Hugo Heisler