BEM BRASIL
BEM BRASIL
Postado em: 24/02/2021 - 10:43 Última atualização: 25/02/2021 - 08:17
Por: Fernanda Marques - Portal Imbiara

Homem é preso por envolvimento no homicídio de jovem em Araxá

O homicídio aconteceu na última sexta-feira(19)

Gutemberg Leonardo Ribeiro, 21 anos, vítima de homicídio em Araxá. Foto: Internet/Portal Imbiara

A Polícia Civil de Araxá prendeu um homem de 21 anos na última terça-feira (23), por envolvimento no homicídio qualificado contra um jovem de 21 anos, no último dia 19 de fevereiro, na região conhecida como Mourão Rachado, situada na zona rural de Araxá.

Na ocasião do crime foi localizado um cadáver, parcialmente carbonizado e com perfurações ocasionadas por disparos de arma de fogo no pescoço e na cabeça, conforme laudo da perícia técnica. Na segunda-feira (22), uma jovem, A.F.S de 17 anos, que seria suspeita do homicídio de Gutemberg Leonardo, de 21 anos, natural de Araxá, confessou o crime.

O delegado Vitor Hugo Heisler e o delegado Vinicius Ramalho concederam uma entrevista coletiva à imprensa nesta quarta-feira (24), onde falaram sobre a prisão de mais um suspeito no crime. “Após investigações foi preso na noite de terça-feira (23) o homem de 21 anos e com ele apreendidos a arma do crime e um galão de etanol que provavelmente foi utilizado para colocar fogo no corpo da vítima”, explicou Vitor Hugo Heisler.

“Temos a confissão desse homem e as investigações continuam, podendo haver outras prisões. Durante o interrogatório a versão dos dois suspeitos coincidem e os dois detalharam a dinâmica do crime, onde a jovem confessa ter realizado o crime e depois pedido ajuda a este homem. Ambos confirmaram ser amigos de longa data, mas o homem diz não conhecer Gutemberg Leonardo”, disse o delegado Ramalho.

Os dois suspeitos se encontram presos e à disposição da Justiça e segundo o delegado Vinícius Ramalho, as prisões e apreensões realizadas são extremamente importantes para dar uma resposta efetiva à sociedade e à Justiça. O delegado reafirma ainda o compromisso da Polícia Civil de prestar à sociedade investigação policial de excelência, reprimindo de modo qualificado, sobretudo, os crimes graves.

Arma apreendida. Foto: Polícia Civil/divulgação.

Coletiva de imprensa com os delegados Vitor Hugo Heisler e Vinicius Ramalho. Foto: Fernanda Marques/Portal Imbiara.

Confira a coletiva de imprensa: