BEM BRASIL
BEM BRASIL
t zeus 30
t zeus 30
Postado em: 10/10/2021 - 19:03 Última atualização: 13/10/2021 - 12:36
Por: Natália Fernandes

Ex-cabo do Exército fica ferido após ser vítima da própria armadilha em Patos de Minas

A Policia Militar encontrou várias armadilhas na casa do homem de 45 anos que foi levado às pressas ao hospital após ser baleado por uma espingarda caseira

O homem foi atingido na região lombar ao manusear armadilha. Fotos: Igor Nunes

Na noite deste sábado (9), uma guarnição da Polícia Militar de Patos de Minas, no Alto Pasranaíba, foi mobilizada para recolher armadilhas caseiras em uma casa na rua Piracicaba, no  bairro Jardim Esperança, após o morador ficar ferido ao cair na própria armadilha. Ele foi baleado com um projétil calibre 12.

O homem teria servido ao Exército Brasileiro no passado, como cabo, porém não há detalhes quanto ao período que ele integrou o efetivo das Forças Armadas. 

Além da armadilha que gerou o disparo da arma de fogo, os policias trabalharam para desarmar outras armadilhas presentes no imóvel. Foi necessária a utilização escudos para garantia a integridade física dos militares. 


Armadilhas apreendidas pela Polícia Militar de Patos de Minas 

No local foram encontradas duas armadilhas com calibre 12 e três convencionais, usadas tradicionalmente para capturar grandes animais. No interior do casa a Polícia também identificou vários fios energizados, uma espécie de cerca elétrica caseira.

Após ser arrombado, dentro de um cofre foram localizados uma escopeta calibre 12 e um revólver calibre 38.

Outros moradores relataram aos militares que o homem passava boa parte do tempo trancado em casa. No desenrolar da ocorrência, a irmã e a filha do homem compareceram ao local. Segundo elas, há cerca de quatro anos ele perdeu a esposa e se isolou mantendo o comportamento mais recluso. 

O homem, de 45 anos, foi socorrido com hemorragia em estado grave, deu entrada no Hospital Regional Antônio Dias (HRAD) e foi submetido a cirurgia para estancar o sangramento interno. Ele segue internado. 

De acordo com a Policia Militar, o homem poderá responder por posse ilegal de arma fogo.