BEM BRASIL
BEM BRASIL
UDIKAR
UDIKAR
Postado em: 24/11/2021 - 14:09 Última atualização: 24/11/2021 - 14:55
Por: Fernanda Marques - Portal Imbiara

Polícia Civil prende um homem na Operação Backstage

A operação tem o objetivo de apurar e coibir crimes relacionados à adulteração de veículo

A Polícia Civil, por meio das Regionais de Araxá e Uberlândia, desencadearam a operação Backstage nesta quarta-feira (24), com objetivo de apurar e coibir crimes relacionados à adulteração de veículo em Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, um mandado de prisão temporária, uma ordem judicial restritiva de direitos, além da fiscalização em quatro empresas que teriam atuado na adulteração.

Em julho de 2021, dois homens tentaram realizar o emplacamento de uma caminhonete adulterada. As investigações desvendaram que um fazendeiro, 31 anos, teria comprado a caminhonete em dezembro de 2020, pagando cerca de R$ 240 mil.

Antes de fazer o emplacamento e sem ter seguro, o fazendeiro se envolveu em acidente, que resultou na perda total do veículo. A caminhonete foi vendida para uma comerciante de Uberlândia para retirada de peças.

Ocorre que o empresário que a adquiriu, de 38 anos, atuante no comércio de peças, providenciou a substituição criminosa de toda a estrutura, adulterando a originalidade. O processo ilícito é conhecido como troca de roupa. Depois o empresário, acompanhado de um policial civil, tentou fazer o emplacamento na cidade de Perdizes, no Alto Paranaíba, quando foram indiciadas as investigações.

Durante as apurações, o empresário apresentou nota fiscal da estrutura de uma caminhonete cinza que supostamente teria sido usada na "reforma". Os investigadores desvendaram que o veículo indicado na nota também teria se envolvido em acidente que resultou em danos na estrutura, ou seja, não teria como ser usada na reforma. A perícia descobriu que a estrutura usada no veículo adulterado era de cor branca.