BEM BRASIL
BEM BRASIL
t zeus 30
t zeus 30
Postado em: 08/07/2021 - 17:24 Última atualização: 08/07/2021 - 17:31
Por: Natália Fernandes - Portal Imbiara

Gravação inédita de Cazuza que teve Araxá como cenário de inspiração será lançada sexta-feira (9)

Canção Mina, gravada em 1987, acabou não entrando no disco “Só Se For a Dois” e após 31 anos da morte do artista será disponibilizada nas plataformas digitais

Na foto Cazuza aparece no bar com integrantes da banda e uma turma de amigos Araxaenses. Foto: Maria Rita/Arquivo Pessoal

Nesta sexta-feira (9) será lançada gravação inédita do cantor Cazuza considerado o Poeta do Rock, a letra da canção “Mina” foi escrita após confusão que o cantor participou em um bar de Araxá, Alto Paranaíba, Minas Gerais.  Após trinta anos de sua concepção, a inédita faixa do saudoso Cazuza chega às plataformas digitais pela Universal Music.

Segundo a professora Maria Rita que também esteve presente no dia em que houve a confusão e aparece na foto com os amigos junto ao cantor, Cazuza teria se irritado ao presenciar uma briga envolvendo uma fã.

“Foi em 15 de junho de 1986,  era a Turnê Exagerado. Depois do show do Cazuza no Dino Baroni, entramos dentro do ônibus da banda e levamos os músicos para comer uma pizza no Tarantela. Depois de muita conversa jogada fora, um dos integrantes da banda resolveu jogar um charme para a fã do Cazuza, só que ele não sabia que o namorado dela estava sentado junto com todos. Rolou um clima e o namorado todo enciumado pegou uma faca querendo brigar. Então Cazuza ficou muito nervoso e começou a quebrar o bar. Mas ninguém se feriu e a noite acabou em paz. “Volto pra te buscar” gritou ele para a menina, indo embora no ônibus com a banda” relata Maria Rita.

Cazuza durante show realizado no ginásio Dino Baroni em Araxá no dia 15 de junho 1986. (Foto: Maria RIta)

Mina foi gravada pelo artista para compor o disco “Só se for a dois” de 1987, mas acabou sendo retirada da seleção final do segundo álbum solo do cantor.

A música criada há 34 anos, volta à cena com o registro original de Cazuza, mas com arranjo refeito pelo produtor Nilo Romero com três músicos presentes na gravação de 1987. Trata-se de Rogério Meada (guitarra) e João Rebouças (teclado), além do próprio Nilo no baixo.

Para dar forma ao novo arranjo, Mina conta com participação de Lourenço Monteiro (bateria) e Marcos Suzano (percussão). Já o coro recebe as vozes de Solange Rosa, Eveline Hecker e Paulinho Soledade, o mesmo do original.

O single é promovido com clipe de animação, criado por Humberto Barros.