BEM BRASIL
BEM BRASIL
UDIKAR
UDIKAR
Postado em: 09/08/2021 - 09:48 Última atualização: 09/08/2021 - 10:02
Por: Felipe Madeira - Portal Imbiara

Com apenas 14 anos, Ana Placedino participou dos primeiros anos de história do Grupo Imbiara

A sonoplasta começou sua carreira quando a rádio completava seus primeiros 5 anos; agora, 70 anos depois, ela lembra dos tempos vividos

Ana Placedino aos 14 anos, operando a técnica da transmissão, há 70 anos. Foto: Arquivo/Portal Imbiara

No ano de 1951, a Rádio Imbiara de Araxá completava seus primeiros 5 anos de existência. Há exatos 70 anos, Ana Placedino começava sua carreira na técnica da sonoplastia das transmissões. Nessa época, ela tinha apenas 14 anos de idade quando começou em seu primeiro emprego.

Placedino conta que foi convocada logo no seu teste. Após aprender durante apenas um dia na antiga sede, localizada na rua Mariano de Ávila, ela foi incumbida de abrir e iniciar as transmissões do dia seguinte. “Eu nem sabia como era a programação do outro dia. Nem dormi pensando como ia fazer”, conta sobre a ansiedade. 

Hoje aos 84 anos, Ana Placedino lembra das histórias vividas em seu tempo de rádio

Hoje com 84 anos, Ana Placedino lembra dos tempos vividos na oportunidade. Ela conta que teve a oportunidade de conviver com diversas pessoas, onde aprendeu a socializar e se desenvolver em local de trabalho. Nesta época, Placedino teve a oportunidade de encontrar nos corredores do local, ídolos e líderes estaduais, nos quais frequentavam os corredores do antigo prédio da empresa, localizado na Calimério Guimarães.

Transmitindo por trás dos equipamentos, Ana explica que ficou responsável por levar o entretenimento e a informação aos cidadãos araxaenses da época. Ela trabalhava em programas diversos, que iam desde execução de músicas gravadas, passando por transmissões de auditório e chegando até mesmo a executar a técnica de programas políticos. 

Foram nestas oportunidade que ela lembra da emoção de tocar pela primeira vez na guitarra paraguaya de um grupo que veio se apresentar no auditório da antiga sede da rádio. Outra passagem memorável foi o recebimento na sede da emissora do então governador de Minas Gerais, Benedito Valadares.

Com o êxito na Imbiara, Ana Placedino seguiu carreira no setor e foi trabalhar em rádios de Uberaba. Sempre com um bom relacionamento com a empresa, ela chegou a voltar a trabalhar na cidade, mas em seguida foi para Belo Horizonte, onde mora até hoje e onde fundou uma bem sucedida fábrica de cortinas.