BEM BRASIL
BEM BRASIL
UDIKAR
UDIKAR
Postado em: 20/08/2021 - 17:43 Última atualização: 20/08/2021 - 17:47
Por: Natália Fernandes - Portal Imbiara

Papo com a Nat: Ana Carvalho e Drigo Diniz foram os entrevistados da semana

A cantora contou sobre a experiência no The Voice Brasil e o fotógrafo deu dicas importantes para obter qualidade em fotos

Ana Carvalho e Drigo Diniz nos estúdios da 91,5 (Imbiara FM)

Na tarde desta sexta-feira (20), a cantora araxaense Ana Carvalho e o fotógrafo Drigo Diniz, foram os entrevistados do “Papo com a Nat” da Rádio Imbiara.  

Ana iniciou a carreira na música aos três anos com incentivo do pai, que é produtor musical. Após muito empenho entre aulas de canto e instrumentos, além de cantora, ela tem diversas composições.  

A araxaense explica que participou de um dos principais programas de calouros da atualidade em 2020, o The Voice Brasil, e em oportunidade teve todas as cadeiras viradas após a apresentação sendo apreciada pelos jurados, Michel Télo, Carlinhos Brow, Iza e Lulu Santos, dos quais renderam muitos elogios.

“Eu  tentei em 2018 e 2019, nos dois anos eu não passei. E em 2020 no último dia de testes em São Paulo eu passei no teste. E em junho, me ligaram e eu fui fazer o programa, mas infelizmente eu peguei Covid e acabei sendo desclassificada e eu participei apenas das audições às cegas. Eu fiz muitas amizades lá, e eles me ajudaram muito a realizar projetos e passei a gravar vídeos para a internet. (...)” explica Ana.

Drigo Diniz, desde 2018 atua no campo da fotografia, e já se conceituou na área, hoje além dos projetos particulares acompanha a amiga Ana Carvalho em diversos trabalhos como produtor. O fotógrafo teve um projeto fotográfico que entrou em exposição no Festival Literário de Araxá o Fliaraxá, e retorna em exposição ainda este ano no Teatro Municipal.

Drigo, comentou alguns detalhes sobre a carreira e os desafios da profissão.

“Eu não imaginei que meu trabalho chegaria como ele está, hoje eu tenho minha produtora de fotografia e vídeo. Comecei por gostar de fotografia e quando eu vi já estava me profissionalizando e me inserindo no mercado de trabalho, desde então não parei mais. Hoje tenho vários projetos e consigo atender pessoas de Araxá, de outros estados e outras cidades. O mercado trás novas perspectivas e a fotografia  é um mercado que tende a crescer ainda mais” disse o fotógrafo.

 

Veja a entrevista completa