BEM BRASIL
BEM BRASIL
Postado em: 07/04/2021 - 12:48 Última atualização: 07/04/2021 - 13:04
Por: Natália Fernandes - Portal Imbiara

Dedicação de profissionais que enfrentam a pandemia marca o Dia Mundial da Saúde

A data chama atenção mundial para importantes aspectos da saúde global, principalmente nos dias atuais em que humanidade atravessa uma luta contra o coronavírus

Dia Mundial da Saúde 2021

O dia 7 de abril é marcado pela celebração do Dia Mundial da Saúde. Desde a primeira Assembleia da Saúde, em 1948, a data comemorativa entrou em vigor em 1950, e tem como objetivo criar consciência sobre um tema específico da saúde para destacar uma área prioritária de preocupação para a Organização Mundial da Saúde.

Nos últimos 50 anos, isso trouxe à tona importantes questões de saúde, como saúde mental, cuidados materno-infantis e mudanças climáticas. A celebração é marcada por atividades que vão além do próprio dia e serve como uma oportunidade para chamar a atenção mundial para esses importantes aspectos da saúde global, principalmente nos dias atuais em que humanidade atravessa uma luta devido à pandemia da Covid-19.

Os profissionais de saúde na linha de frente do enfrentamento a esta doença são heróis que, por vezes, se limitam a assumir o risco para a garantir a possibilidade de salvar vidas. Mais que uma escolha, um ato heróico que transforma a realidade de pacientes e familiares. Muitas vezes eles são a única esperança de quem precisa de um atendimento de urgência.

Neste Dia Mundial da Saúde, a campanha da OMS destaca o princípio constitucional de “ter o mais alto padrão de saúde possível é um dos direitos fundamentais de todo ser humano, sem distinção de raça, religião, crença política, condição econômica ou social”.

O mundo ainda é desigual. Os lugares onde vivemos, trabalhamos e nos divertimos podem fazer com que seja mais difícil para alguns alcançar seu potencial pleno de saúde, enquanto outros prosperam. As iniquidades em saúde não são apenas injustas, mas também ameaçam os avanços feitos até o momento e têm o potencial de aumentar, em vez de diminuir, as lacunas e problemas.

No entanto, os problemas em saúde são evitáveis ​​com estratégias que dão mais atenção à melhoria da equidade em saúde, especialmente para os grupos mais vulneráveis ​​e marginalizados. A Covid-19 atingiu duramente todos os países, mas seu impacto é mais severo nas comunidades que já são vulneráveis, que estão mais expostas à doença, com menor probabilidade de ter acesso a serviços de saúde de qualidade e maior probabilidade de sofrer consequências adversas como um resultado das medidas implementadas para conter a pandemia.

Fonte: OMS